O que é UpCycling e como funciona?

Continua Depois da Publicidade

Então você ainda não sabe o que é Upcycling? Por outro lado, você já sabe o que significa sustentabilidade, certo? Originalmente, muitas pessoas já ouviram falar, mas não sabem o que significa. Você faz alguma coisa para ser ecologicamente correto?

O Upcycling é útil para salvar o planeta, ao focar nas coisas que serão jogadas fora mas que então passam a ser reutilizadas. O planeta precisa de ajuda, e uma forma de as pessoas contribuirem é usando materiais que normalmente iriam para o lixo.

Assim, o Upcycling é uma forma de reutilizar materiais de uma nova forma. Aqui veremos tudo sobre como essa prática começou, como seguir suas orientações, onde você pode encontrá-la na prática, qual a sua importância e mais informações essenciais sobre o upcycling.

O upcycling vem se tornando cada vez mais popular em diferentes áreas da vida, tornando-se até mesmo modelos de negócios em moda, arquitetura e design de interiores. As pessoas procuram empresas que se preocupam com o meio ambiente e utilizam práticas sustentáveis ​​em suas atividades produtivas.

Outro benefício do upcycling é melhorar a qualidade de novos produtos usando materiais antigos. O upcycling usa muito menos água e energia, porque não precisa usar tanto os recursos naturais da região. Trata-se tão somente de reciclagem inteligente.

O que é Upcycling
O que é Upcycling – Fonte: Canva + Google

Upcycling – Como começou

O upcycling foi inventado e utilizado pela primeira vez no início dos anos 90 por Beth David e Arc Pendleton. Eles começaram a reciclar móveis e outros itens como forma de ajudar a salvar o meio ambiente.

Na verdade, o upcycling vem acontecendo há muito tempo, mas se tornou ainda mais popular nos últimos anos. O upcycling utiliza materiais ou produtos que seriam desperdiçados, para criar algo novo e de qualidade.

Assim, o item pode ser melhor que o original ou usado para a mesma finalidade. Em 1994, a ambientalista Reine Pilz cunhou o termo upcycling. No entanto, não foi até 2002 que o termo começou a se tornar mais conhecido.

Nesse sentido, o upcycling reduz a quantidade de material que acabaria em aterros onde levariam anos ou décadas até serem decompostos e reintegrados ao meio ambiente, e ajuda a reduzir a quantidade de óleo usado na produção e o número de árvores cortadas.

A razão para isso é que não há necessidade de expandir a exploração de recursos disponíveis na natureza. Por exemplo, ao invés de cortar mais árvores para fabricar móveis, utiliza-se a madeira de móveis velhos para aproveitá-los em novos móveis.

Upcycling dentro de casa

As pessoas podem se beneficiar de ter produtos de qualidade em suas roupas ou dentro de casa, graças a essa prática. Dê uma olhada ao seu redor e observe todos os lugares da sua casa onde você usou itens dessa prática sustentável.

Portanto, dentro de casa há muitas oportunidades para reciclar itens. Não há limite para a quantidade de criatividade que entra no upcycling. Por exemplo, talvez você tenha algumas roupas ou móveis que todos dizem para você jogar fora, mas você não faz isso pois afinal gosta deles.

Continua Depois da Publicidade

Você pode procurar alterar a funcionalidade do seu utensílio antigo, em vez de jogá-lo fora. Altere-o para que possa ser reutilizado em vez de jogado fora. Pegue qualquer objeto que você tenha e use sua imaginação para pensar no que pode ser transformado.

Então, comece a mudá-lo! Um objeto que parecia inútil pode ser explorado mais profundamente para descobrir mais uso dele. Isso se chama upcycling. Que tal transformar aquela velha calça jeans em uma bermuda estilosa?

Quando alguém dedica um tempo para fazer algo especial, ainda mais se realmente trabalhar nisso, o item já terá uma história por trás dele. Dessa forma, você pode usar um novo item sem perder a conexão que tinha com o antigo.

O upcycling pode pegar roupas desgastadas e transformá-las em outros itens, como bolsas, lenços ou até mesmo vestidos. Essas roupas podem ser transformadas novamente em mais roupas. As possibilidades são infinitas.

Upcycling como tecnologia industrial

No setor industrial, materiais que não são utilizáveis ​​podem ser reciclados para fazer outros produtos. Então, algumas empresas fabricam produtos que levam os materiais usados de volta ao ciclo de consumo. Nada mais útil, ecologicamente amigável e econômico.

Reduzir a quantidade de lixo jogado fora e preservar a terra é o motivo pelo qual muitas empresas usam o upcycling. Em alguns casos, os itens reciclados são até doados para quem precisa. O dinheiro ganho com a venda dos itens reciclados vai para uma boa causa.

Moda e Upcycling

Muitas grandes empresas de roupas produzem roupas com foco na sustentabilidade para proteger a terra. Este é o maior destaque da indústria da moda no século 21. Nesse setor, os materiais que não são usados ​​no produto final são frequentemente reciclados para criar algo novo.

As pessoas que valorizam apenas as roupas novas podem não perceber que a indústria da moda tem sido vista negativamente, devido à poluição, ao consumo de água na fabricação de roupas e à produção de muitos dos microplásticos que acabam no oceano.

Em outras palavras, a indústria da moda é glamourosa, mas também tem um lado sombrio. Grandes marcas de roupas passaram a usar materiais sustentáveis ​​em suas roupas para tentar mudar essa realidade. Definitivamente é uma grande inovação.

Na indústria da moda, o consumo massivo é chamado de fast fashion. Todavia, o efeito colateral da Fast Fashion é a produção de mais lixo no planeta. Portanto, é aqui que o Upcycling para dar uma grande contribuição para tornar as próximas tendências da moda muito mais conscientes dessa questão.

Você sabe o que é Slow Fashion?

Slow Fashion é um movimento que surgiu em resposta à tendência Fast Fashion. Assim, algumas empresas da indústria da moda decidiram tentar mudar o impacto negativo no meio ambiente que algumas marcas causaram no mundo.

Portanto, a moda mais sustentável foi chamada de Slow Fashion. Assim, Slow Fashion é a moda que se esforça para criar produtos que sejam melhores para o meio ambiente, ao mesmo tempo em que confecciona roupas com materiais reaproveitados.

Ainda mais, a Slow Fashion oferece oportunidades de viver uma vida melhor com roupas bonitas. As empresas que utilizam o Slow Fashion como método de trabalho devem fazer do equilíbrio de produção parte de sua rotina.

Por isso, produtos de qualidade são entregues de forma consistente, usando criatividade e construindo bons relacionamentos com os clientes. A ideia aqui é priorizar peças de roupas que possuem em si mesmas a ideia de que produziram o mínimo impacto ecológico.

Existe diferença entre Slow Fashion e moda sustentável?

Afinal, qual é a diferença entre Slow Fashion e a moda sustentável? A fabricação de roupas causa danos ao meio ambiente, bem como à sociedade como um todo. A fabricação de roupas afeta a saúde das pessoas e dos animais marinhos, assim como afeta também a terra.

Só para exemplificar, produtos que são tóxicos como corantes, agrotóxicos não utilizados no plantio da matéria-prima, desperdício de água, quantidade de resíduos manufaturados que sobram, veículos utilizados e condições dos trabalhadores que fazem o produto são questões que pertencem à fabricação ética.

Por isso, qualidade e propósito são o foco das empresas Slow Fashion, e não a consciência social. Ou seja, essas empresas têm uma bandeira que carregam. Elas têm um ideal muito claro e tudo o que fazem têm como base essa consciência ambiental.

Todavia, o foco da campanha não está apenas no meio ambiente, mas também em fazer roupas de qualidade que durem muito, incentivando as pessoas a se conscientizarem sobre o consumo e evitando modismos que vão embora em poucos meses.

Ambos os conceitos querem chegar ao objetivo de serem sustentáveis. No entanto, seguem caminhos diferentes em determinadas áreas. Mas o fim último é o mesmo: as pessoas e o meio ambiente se beneficiariam se a indústria da moda diminuísse seu impacto no planeta.

UpCycling nas empresas brasileiras

Em sua produção, muitas empresas brasileiras utilizam o upcycling. Hoje em dia, algumas marcas no Brasil produzem roupas e acessórios com materiais reciclados de elevado padrão de qualidade. A seguir, veremos três grandes empresas nacionais envolvidas nesta área de negócio.

Comas

A Comas utiliza as qualidades originais das peças que foram rejeitadas na fabricação de suas peças. A empresa também oferece mentorias e cursos sobre a confecção de produtos utilizando upcycling em sua produção. São Paulo, Brasil, é o lar de Comas.

Quando o controle de qualidade não dá permissão para a venda de roupas feitas por causa de pequenos, médios ou grandes problemas, elas se tornam o material de base para a marca de Agustina Comas.

Farrapo Upcycling

A moda criada a partir de materiais Upcycling chama-se Farrapo Upcycling. A Farrapo Upcycling reutiliza peças vintage e sobras têxteis de fábricas para fazer roupas exclusivas. É um trabalho de natureza artesanal muito valorizado por milhares de pessoas.

A designer Kamila Olstan criou a marca em 2012, e as roupas são confeccionadas individualmente em seu ateliê em Curitiba. A empresa oferece coleções à venda em suas redes sociais, e você pode acompanhar essas coleções.

Think Blue Upcycled

Uma empresa chamada Think Blue Upcycled reaproveita jeans descartados em itens úteis. Mirella Rodrigues é uma designer que vive e trabalha no Rio de Janeiro, Brasil. Ela iniciou o projeto Think Blue.

Enquanto estava na faculdade, ela queria desenvolver um método que ajudasse a reduzir os danos no mundo ao fazer roupas jeans de qualquer estilo. A empresa faz roupas, como calças, casacos, saias, vestidos, shorts e tops, com jeans reciclados.

Qual é a diferença entre UpCycling e reciclagem?

Pode não parecer mas existem diferenças entre upcycling e reciclagem. Upcycling é pegar um item e usá-lo de uma maneira diferente, enquanto a reciclagem é transformar um item de volta em um novo item do mesmo tipo.

O upcycling pega algo antigo e o transforma em um novo item, utilizando as características originais dos materiais. Por outro lado, a reciclagem literalmente destrói um item para transformá-lo em outro item.

Do mesmo modo, o upcycling usa o mesmo tecido, mas altera a aparência e/ou toque original do tecido. O tecido é então usado para fazer um novo item. A reciclagem, por outro lado, coloca os tecidos em processos químicos para torná-los novos tecidos.

Assim, quando algo é reciclado, o item original é mantido. O item pode ser reconhecido como o item original. Por exemplo, algumas famílias podem ter a tradição de fazer com que as noivas usem o mesmo vestido em todos os casamentos, o que pode ser reciclado adicionando novos detalhes a ele.

Upcycling é o processo de pegar um item que não é mais utilizável e transformá-lo em um novo item, mantendo algumas das propriedades originais. É repaginar algo e torná-lo em outra coisa, mantendo a sua essência.

Dar um novo propósito aos itens domésticos antigos é uma honra para os itens que estiveram em sua casa por muito tempo, ou tiveram um significado especial para você. Por exemplo, fazer seus próprios produtos de vestuário é divertido e pode ser feito facilmente.

Saiba Mais

Como achar uma música em inglês sem saber inglês

Celular lento e travando – O que fazer

Finalmente, vivemos num momento em que reaproveitar as coisas pode ser decisivo para equilibrar as contas da família, bem como para dar um destino útil à objetos usados. Ainda mais, é uma forma de maximizar o investimento que foi feito e reduzir o desperdício.

Então, se você gostou deste conteúdo e acha que ele pode ser útil para mais pessoas, compartilhe com todas as pessoas que podem gostar de saber dessas informações. Um abraço e até à próxima!

Continua Depois da Publicidade